Quem Somos

Quem Somos

A Fundap – Casa Espírita de Apoio Terapêutico Irmã Sheilla trabalha dentro dos preceitos Espíritas  de acolher e ajudar a seu Irmão em suas lutas mais sofridas contra a dependência. Além de trazer acolhimento a esses Irmãos, traz aprendizado a todos os que têm a oportunidade de entrar em contato e trabalhar, voluntariamente,  com tal Obra. Trata-se uma porta aberta para quem quer colocar em prática a maior de todas as virtudes: a Caridade. E para quem quer exercer, na prática, o seu autoconhecimento. Além de não fazer distinção de religião, cor, posição social para o acolhimento aos Irmãos que aqui chegam, às vezes, tão devastados pela dependência química, abre  a porta para outros tantos Irmãos necessitados de exercerem na prática o Evangelho que conhecem através de estudos. A Casa Espírita Irmã Scheilla oferece reuniões diárias para quem quer nutrir também sua alma, seguidas do passe revigorante. E reuniões fechadas de Estudos e Desenvolvimentos Mediúnicos. Repetindo, a Casa está aberta a todos  que estejam necessitados de um conforto. Independentes de sua crença ou religião.

Nossa História

Na década de 1990, um grupo de pessoas conscientes das limitações governamentais na solução dos problemas que afligem nossa sociedade e seus desdobramentos, que afetam o dia a dia de todos, decidiu que era necessário agir para, ao menos, tentar minimizar estes males.
Surgiu então a Imap, em imóvel doado pelo Sr. Francisco Rodrigues, um dos fundadores, no bairro Bandeirantes de Belo Horizonte, onde até hoje se encontra. Inicialmente, a Imap socorreu a irmãos soropositivos de ambos os sexos. Depois, a necessitados de moradia, também de ambos os sexos.
Então a Imap se transformou na Fundap – Fundação de Amparo à Doença e à Pobreza, acolhendo irmãos dependentes químicos, também de ambos os sexos. Atualmente, acolhe dependentes do sexo masculino. 

A Fundap é uma mantenedora sem fins lucrativos e faz todo o trabalho através da Casa Espírita de Apoio Terapêutico Irmã Scheilla, nome escolhido em homenagem à grande missionária e enfermeira que desencarnou na Alemanha, em 1943.
Oferece um teto, alimentação, terapêutica ocupacional, reuniões motivacionais e tratamentos com profissionais voluntários. Além da continuação do tratamento médico, de seus Acolhidos nos Centros de Saúde.

Tem por objetivo a recuperação e reinserção social, através do cuidado com a saúde física e o trabalho com a autoestima, para que se sintam de novo cidadãos. Já beneficiou a mais de 2 mil pessoas desde sua fundação.
Trabalha dentro dos princípios espíritas, mas não faz nenhuma restrição, de qualquer espécie, para acolher um Irmão. É apartidária e independente. Subsiste de doações e trabalhos voluntários.

Diretoria

Presidente: Marlene Morais Leonardo
Vice Presidente: Elci Aires Fernandes Laranjeira
Diretor Administrativo-Financeiro: Bruno Max Coelho Coutinho

Conselho Curador
Presidente: Alexandre Filadelfo da Silva
Membros: Antonio Carlos dos Santos, Cherlem Guimarães Resende, Sylvio Barboza, Lourdes Maciel

Conselho Fiscal
Presidente: Evanir Aparecida Sagrillo de Souza
Membros: Denisa Moreira Pacheco, Raymundo Pereira
Suplentes: Carlos Aurélio Guimarães, Ana Maria Framil, Enid Diniz Ribeiro